Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Acessibilidade | A + A -
FAMA Macapá : ANTECEDENTES

ANTECEDENTES

​​

A CPA, constituída desde setembro de 2004, a partir da exigência do MEC, com a criação do SINAES – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – a partir do Decreto 10.861 (14/04/04), onde o mesmo estabelece Diretrizes para a Criação da Comissão Própria de Avaliação de cada Instituição e suas atribuições e que tem por objetivo principal identificar e avaliar pontos de relevância nas ações promovidas pela FAMA para, a partir de então, sugerir, com participação coletiva, mudanças, quando necessário, dos procedimentos acadêmicos, visando a melhoria na qualidade de ensino e formação de cidadania, com o nítido compromisso de se envolver com a sociedade e para esta promover qualidade de vida. Esta comissão é formada por representatividade dos diversos segmentos da instituição e de fora dela, e que já existia para fins de avaliação institucional interna.

Em dezembro de 2004 foi encaminhado ao MEC o projeto de atuação desta Comissão, que foi aprovado e reconhecido como um instrumento muito bem elaborado no que concerne aos seus propósitos e em abril de 2005 teve iniciada a execução de suas atividades de pesquisa, a partir de questionários aplicados nas turmas de 3º e 6º termos de toda instituição (foram 558 questionários aplicados e mais de 22.000 informações tabuladas). O resultado desse trabalho representa o nível de contentamento dos acadêmicos com as ações efetivadas na FAMA em diversos aspectos, que vão desde o pedagógico até o de atendimento.

A execução dessa pesquisa, com resultados apresentados à comunidade acadêmica (acontecido em outubro de 2005, com representantes de turmas), só veio a demonstrar a seriedade deste trabalho e o lado positivo que o mesmo traduz, pois, na ocasião, foram apresentados aos acadêmicos algumas ações que já iniciaram a partir de verificação de tais necessidades indicadas na pesquisa.

Este processo de pesquisa: a divulgação de seus resultados e o retorno a comunidade acadêmica, foi apenas a primeira etapa executada do cronograma que deve ter sua continuidade neste semestre com algumas ações que, entre outras, estará avaliando as Coordenações de Cursos e os professores individualmente (solicitação feita pela própria comunidade acadêmica).

Vale lembrar que o papel da CPA não se resume a apenas avaliar, mas, em conjunto com a comunidade, desenvolver ações que atendam aos propósitos por ela elencados em seu projeto e pelo MEC sugeridos. Em face disto, alguns projetos de extensão, com cunho social e agregados a iniciação científica já foram expostos aos acadêmicos e professores e que já começa a trazer frutos com a adesão de acadêmicos que solicitam participação nos mesmos, o que nos permite, cada vez mais, percebermos a CPA, verdadeiramente, desenvolvendo o papel ao qual foi destinada.


​​​​